GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL. 3: Yeah! James Gunn RETORNA para dirigir filme

15 de março de 2019 Diego Domingos
James Gunn

James Gunn

AAAAAAAAAAAAA, Cinemaster. É simplesmente inacreditável! O Deadline acaba de confirmar que James Gunn vai voltar para a Marvel Studios para dirigir Guardiões da Galáxia Vol. 3.

Sim, sim, é pra valer! A publicação menciona Cinemaster que a postura de James Gunn, em se desculpar publicamente imediatamente após os tweets terem vindo à tona e nunca ter criticado a Walt Disney, foram mais do que fundamentais para que ele retornasse na direção e no roteiro da produção.

Alan Horn – presidente da Walt Disney Pictures – vem se reunindo com James Gunn desde o final do ano passado quando em uma conversa séria – e após investigações do estúdio – ficou realmente comprovado que os tweets de James Gunn não passaram de palavras, ou seja, ele não chegou a praticar nenhuma ação mencionada nas mensagens.

Vale lembrar Cinemaster que James Gunn foi demitido em julho de 2018 depois que tweets de 10 anos atrás, em que Gunn fazia apologia a estupro e a pedofilia, vieram à tona depois dele ter criticado Donald Trump na rede social. Um jornalista pró-Trump descobriu os tweets e os revelou.

Imagino que você também deva estar se perguntando, e Esquadrão Suicida 2?! Pois bem Cinemaster, assim que James Gunn terminar e lançar Esquadrão Suicida 2, ele vai voltar para Guardiões da Galáxia Vol. 3. Então, levando em conta que o lançamento de Esquadrão Suicida 2 está para 2021, é mais do que provável que Guardiões 3 só fique para meados de 2024, Cinemaster. Pois é, pois é!

Eu realmente cheguei a defender a Disney pela demissão de James Gunn, afinal, quem faz algo errado, como os tweets que ele fez, precisa ser punido, afinal, não deixam de ser mensagens sérias. Mas concordo com o argumento do estúdio Cinemaster, a postura de James Gunn foi mais do que fundamental para tal. Agora sim ele realmente mostrou que é uma pessoa completamente diferente daquela que havia escrito aqueles tweets.

Só sei que eu estou mais do que contente agora com o fato de que Guardiões da Galáxia vai ser completada por James Gunn. Sensacional!

Guardiões da Galáxia Cinemaster estreou nos cinemas em 2014. Reunindo um espetacular grupo de personagens estranhos Cinemaster, o filme ficou simplesmente espetacular, sendo té Pantera Negra o filme mais original que a Marvel Studios tinha produzido.

A produção reuniu: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel e Bradley Cooper, respectivamente, como: Peter Quill/Senhor das Estrelas, Gamora, Drax, Groot e Rocket, e faturou US$ US$ 773.3 milhões no mundo todo. Em 2017 Cinemaster, James Gunn trouxe o ainda mais emocionante Guardiões da Galáxia Vol. 2, que arrecadou US$ 863.7 milhões mundialmente.

E desde 2017 Cinemaster James Gunn vinha desenvolvendo o roteiro de Guardiões da Galáxia Vol. 3. O elenco inclusive chegou a confirmar diversas vezes que as filmagens seriam iniciadas entre janeiro e fevereiro de 2019. No entanto Cinemaster, em julho de 2018, os tweets de James Gunn – escritos entre 2008 e 2009 – com apologias a estupro e pedofilia, foram descobertos e na sexta-feira da San Diego Comic-Con de 2018 James Gunn foi demitido pela Disney e pela Marvel, em uma decisão em conjuntos por seus presidentes, Alan Horn e Kevin Feige.

Em agosto Cinemaster, a Marvel/Disney e James Gunn chegaram a realizar uma reunião. O advogado e o assessor de Gunn queriam que a Disney desse a James uma segunda chance, mas a reunião no fim das contas Cinemaster funcionou com uma reunião de demissão oficial de James Gunn, encerrando sua parceria com a Marvel Studios iniciada em 2013, com sua contratação.