MARVEL STUDIOS: Kevin Feige responde 45 perguntas sobre passado, presente e futuro do MCU

16 de maio de 2019 Diego Domingos
Kevin FeigeKevin Feige

Kevin Feige

Cinemaaaaaaaaaaaaster, uma ótima surpresa nesta semana: Kevin Feige esteve no reddit oficial da Marvel Studios para responder algumas várias perguntas sobre tudo relacionado ao MCU. Feige comentou sobre o primeiro Homem de Ferro, suas influências para o primeiro filme do MCU, e também sobre o futuro. Detalhe, o verdadeiro Mandarim vai ser apresentado no MCU.

E sempre naquele esquema Cinemaster, eu e você comentando e debatendo cada uma das respostas do tio Kevin Feige. Tranquilo?! Partiu!

Stan Lee assistiu a um corte prévio de Vingadores – Ultimato?

“Stan amava esperar para ver o filme em sua versão final na première, então, infelizmente, ele não conseguiu ver Ultimato finalizado. Stan conseguiu um download com a história completa do filme no dia em que ele veio ao set filmar sua participação especial.”

P.S. Os montadores de Vingadores – Ultimato revelaram que o primeiro corte completo de Vingadores – Ultimato só saiu em setembro de 2018, devido às refilmagens.

Já pensou em trazer de volta os “One Shots”?

Nota: “One Shots” Cinemaster eram aqueles curtas que vinham no Blu-Ray dos filmes. Mandarim ganhou um, Coulson também esteve em um. Eram bem legais, mas eles deixaram de ser feitos à medida que a Marvel Studios aumentou a quantidade de cenas pós-créditos, de um para dois. E também à medida que eles aumentaram a quantidade de bônus do filme no Blu-Ray.

“A melhor coisa sobre os One Shots é que temos que criar corpo e história para outros personagens. Isso fica ainda mais interessante agora que temos as séries do Disney Plus, onde podemos fazer isso em grande escala com muitos dos personagens que você conhece e ama.”

Algum arrependimento criativo no MCU?

Aqui Cinemaster Feige não respondeu a uma pergunta diretamente, ele concordou com o comentário de uma outra pessoa sobre essa pergunta. Anos atrás Feige disse que o único arrependimento criativo tinha sido deixar Chris Hemsworth mais loiro para viver Thor no primeiro filme, enquanto eles poderiam ter deixado Chris com sua cor natural. O problema foi que… o departamento de maquiagem e de efeitos visuais, na pós-produção, não se atentaram a isso. Então, em várias cenas Hemsworth está com o cabelo muito loiro e as sobrancelhas em seu tom original. A partir de Thor – O Mundo Sombrio o cabelo de Thor, a barba e as sobrancelhas estão no mesmo tom da cor natural de Hemsworth. E Kevin concordou com esse pensamento, de deixar tudo na cor original de Chris.

Quais foram as ideias mais difíceis de vender aos executivos da Marvel?

“Sempre há conversas e discussões antes de um filme ser feito, e na maior parte tem sido uma colaboração incrível, mas quando começamos, os dois grandes desafios foram convencer as pessoas de que Robert Downey Jr. era o ator certo para Stark e fazer Capitão América – O Primeiro Vingador como um filme de época ambientado na Segunda Guerra Mundial.”

Até que ponto o futuro do MCU já está planejado?

“Geralmente trabalhamos com um plano específico de cinco anos, mas geralmente também temos um plano geral que se estende muito, muito mais.”

Qual ator você mais precisou lutar com os executivos para ter na Marvel?

Robert Downey Jr.

P.S. Vale lembrar Cinemaster que Robert era um dos atores de Hollywood mais problemáticos no começo dos anos 2000. Ele já tinha preso por dirigir embriagado, por ser encontrado com drogas. Só que toda essa vida problemática foi vista por Jon Favreau e por Kevin Feige como a base ideal para que o ator que viria a viver Tony Stark e o próprio Tony Stark como personagem fossem uma coisa só. Isso ajudaria a Marvel Studios mostrar ao mundo o quão forte seriam seus personagens. A batalha foi forte, foi um ano tentando conseguir ter RDJ no elenco. Os executivos então cederam e cá estamos eu, você e Marvel Studios.

Algum plano para usar os personagens: Líder, Abominação e Justin Hammer novamente?

“Gosto de trazer de volta personagens que as pessoas acham que viram pela última vez. Por exemplo, General Ross e Harley (a criança de Homem de Ferro 3 e que veio no funeral de Tony Stark já adolescente.”

P.S. Seria então uma possível indicação de que os Jovens Vingadores vão realmente vir por aí?! Tomara que sim, Cinemaster.

Alguma história pode ser considerada impossível de se tornar um filme?

“Tudo hoje em dia pode ser filmado. Trata-se de encontrar as histórias dos personagens mais expressivos para trazê-los ao cinema.”

Produzir esses filmes mudou sua maneira de ler e apreciar os quadrinhos?

“Na verdade não, ainda gosto de ler quadrinhos toda semana, do ponto de vista de um fã, inclusive.”

Qual o seu meme do MCU favorito?

Kevin respondeu com o link do GIF, mas é de Tony Stark revirando os olhos no primeiro Os Vingadores, Cinemaaaaster (hahahahah).

Qual sua cena favorita em todo o MCU?

“Há muitas para listar, mas vou dizer que toda minha carreira no MCU foi construída para o momento “À sua esquerda”, em Ultimato.”

P.S. Esse diálogo Cinemaster é dito pelo Falcão ao Capitão América, quando os que foram dizimados chegam para a grande Batalha Final. O diálogo também é uma referência a cena de abertura de Capitão América – O Soldado Invernal, em que Sam e Steve estão correndo em Washington DC.

Depois do primeiro Homem de Ferro, quando você percebeu que que o MCU será enorme e muito mais além que um filme de super-heróis?

“No fim de semana de estreia de Os Vingadores.”

Como é para você saber que está aumentando a visão das pessoas sobre o que significa ser um herói?

“Obrigado pela pergunta. Mesmo ao longo desses anos eu ainda estou digerindo isso. Mas ver esse reddit com 800 mil pessoas cadastradas é uma boa ideia do que estamos fazendo.”

Seu personagem favorito que não está agora no MCU?

“Eu nunca tenho apenas um personagem favorito, mas há muitos personagens da Marvel que eu amo há muito tempo e que estão vindo ao MCU em breve, mas não posso ser mais específico do que isso. Desculpa.”

Kevin Feige, quantos bonés da Marvel você tem?

Dezenas!

Quanto das séries do Disney Plus terão conexão com os filmes do MCU?

“Totalmente e completamente.”

P.S. Show de bola, Cinemaster. Kevin Feige simplesmente criou um novo modelo de negócio para a Marvel Studios. A empresa não vai deixar de produzir filmes ou algo do tipo, muito pelo contrário, ela vai reinventar o sentido de se fazer séries adaptadas de HQs. E o mais espetacular, tudo em formato cinematográfico.

Existem planos no futuro para o real Mandarim?

Sim!

P.S. Rumores indicam que o Mandarim de verdade Cinemaster vai ser o grande vilão de Shang-Chi. Seria realmente incrível. Detalhe, note que a Marvel Studios fará várias conexões ainda mais fortes entre a Saga Infinita e os novos filmes, até que os novos projetos possam andar com suas próprias pernas.

Quem são as pessoas dos bastidores da Marvel Studios também responsáveis por fazer parte desses sucessos?

‘A melhor parte em colocar uma cena pós-créditos no final de um filme é para que o público possa acompanhar todos as pessoas listadas, que são pessoas incríveis e que fazem parte do MCU.”

Você acha que Steve Rogers se tornou digo de levantar o Mjolnir apenas em Ultimato?

“Ele sempre foi digno e estava sendo educado para isso em Era de Ultron.”

Você já assistiu Vingadores – Ultimato em uma sala de cinema com o público em geral?

“Sim, e foi uma das experiências mais incríveis da minha vida.”

Algum ator ou atriz que ainda não está no MCU, mas que você estaria que estivesse?

“Sim, muitos.”

O que você achou de Homem-Aranha: No Aranhaverso?

“Eu amei esse filme.”

Os roteiristas e diretores da Marvel têm muita liberdade criativa, como Taika Waititi e James Gunn, mas como você controla algumas ideias?

“O cinema é um meio colaborativo.”

P.S. Resposta sensacional, Cinemaster. Lembre-se que a sacada final de Vingadores – Ultimato, “Eu sou o Homem de Ferro”, veio do montador do filme, que em nada teve a ver com a equipe criativa que passou dois anos escrevendo o roteiro. Isso é a prova viva de que o cinema é colaborativo e que as melhores ideias e os melhores insights podem, literalmente, vir de todas as pessoas que fazem parte do filme.

Quando Thanos fez seu estalar de dedos, pessoas que estavam em aviões, por exemplo, foram dizimadas. E ao voltar eles poderiam se envolver em graves acidentes. É possível que o Hulk, ao fazer o estalar de dedos, não apenas tenha trazido todos de volta, mas tenha colocado-os em um lugar seguro?

“Nós nos referimos à versão do Hulk em Ultimato como Hulk Inteligente. Então, sim!”

Martin Starr esteve em O Incrível Hulk e em Homem-Aranha: De Volta ao Lar ele é um dos professores de Peter. Podemos presumir que os dois são a mesma pessoa?

“Eu presumo que sim!”

Por que o Homem de Ferro foi o primeiro personagem a ter um filme no MCU?

“Nós pensamos que Tony Stark era um grande e único personagem para o nosso primeiro filme, porque ele era tão diferente de qualquer personagem de quadrinho que tinha sido trazido para o cinema anteriormente.”

Por que você escolheu Jon Favreau para dirigir Homem de Ferro?

“Jon Favreau é um dos melhores contadores de histórias do planeta. E Um Duende em Nova York é um clássico.”

Homem de Ferro 3 encerrou um arco narrativo para Tony Stark?

Assim como mais acima Cinemaster, Kevin Feige concordou com um “idem” o comentário de uma outra pessoa sobre essa pergunta. “Homem de Ferro 3 é de fato uma conclusão, mas apenas para o primeiro arco de Tony Stark, sobre ele encontrar o significado de ser o Homem de Ferro. A partir disso ele é capaz de dizer a Peter em De Volta ao Lar “Se você não é ninguém sem o traje, então, você não deveria usá-lo.” Homem de Ferro 3 também iniciou outro grande arco para ele, a paranoia de uma constante ameaça e ele percebe que precisa fazer tudo o que puder para proteger esse mundo, que é o que vimos em Era de Ultron e em Ultimato.”

Que lição você aprendeu ao longo de todo esse período de MCU ou até mesmo antes dele?

“Respeite o material de origem. Contrate diretores apaixonados, independente da bilheteria que seu último filme tenha feito. Contrate o melhor elenco, independente do cachê de cada um deles.”

O que você faz para evitar uma “fadiga de adaptações de quadrinhos”?

“Ninguém ficou cansado disso antes das forças criativas da Marvel unir suas forças para fazerem isso 24 horas por dia, 7 dias por semana, então, acreditamos que, se ainda estamos correndo riscos e fazendo escolhas únicas para nos mantermos animados, o público seguirá pelo mesmo caminho.”

Por que você trouxe Alan Silvestri de volta para a trilha sonora de Guerra Infinita e Ultimato?

“Eu sou um nerd de trilhas sonoras. Trabalhar com Alan Silvestri foi uma das melhores experiências da minha vida. Ele é um gênio.”

Kevin, quem é noobmaster69?

“Não somos todos um pouco noobmaster69?”

Qual o seu filme favorito da DC?

“O primeiro Superman, de Richard Donner.”

Quão cedo o enredo de Guerra Infinita e Ultimato foram planejados? Quando vocês decidiram que seriam dois filmes em que Thanos ganharia no primeiro?

“Começamos a discutir como adaptar Desafio Infinito logo após o lançamento de Os Vingadores [ainda em 2012]. Foi em um de nossos retiros criativos há cerca de cinco anos que decidimos fazer isso em dois filmes. Nós começamos a desvendar os detalhes da história durante as filmagens de Guerra Civil, com Christopher Markus e Stephen McFeely, Joe e Anthony Russo. Fizemos isso em uma sala de reunião, enquanto estávamos entre um take e outro.”

Os Russo e os roteiristas de Ultimato têm ideias contrárias sobre o final de Ultimato. Você pode nos dar uma resposta definitiva para isso?

“Sim!”

P.S. Pois é, Cinemaster… Feige respondeu apenas isso.

Você disse um tempo atrás que o Hulk de Mark Ruffalo teria sua história em uma espécie de trilogia com Ragnarok, Guerra Infinita e Ultimato. Então, o que Ruffalo também queria sobre o personagem?

“Muitos anos atrás, Mark veio para uma reunião conosco na Marvel Studios para discutir maneiras pelas quais o Hulk poderia crescer e evoluir nos próximos filmes. Ele apresentou muitas ideias interessantes, algumas das quais você viu em Thor – Ragnarok, Guerra Infinita e Ultimato, e algumas das quais ainda seriam legais de ver algum dia.”

P.S. Ou seja Cinemaster… Hulk mais do que confirmado para voltar no futuro do MCU?! Esse comentário de Feige indica que sim.

Por que você ainda não tem uma participação especial nos filmes?

“Eu não gosto de estar na câmera, mas eu fiz uma participação especial em uma cena deletada no primeiro X-Men, como um técnico da Arma X. Eu estava completamente coberto com capuz, máscara e óculos de proteção.”

Qual sua história favorita nos quadrinhos e por quê?

“Há muitas para nomear, muitas histórias você já viu como histórias adaptadas para o MCU. E Desafio Infinito, de Jim Starlin, é um excelente exemplo.”

Quem na Marvel Studios trabalha lado a lado com você para que os filmes fiquem espetaculares?

“A equipe inteira da Marvel Studios que faz desses filmes o que eles são: Louis D’Esposito, Trihn Tran, Victoria Alonso, Nate Moore, Brad Winderbaum, Jonathan Schwartz, Stephen Broussard, Eric Carroll e muitos outros. Eu também gostaria de fazer uma menção ao nosso montador, Jeff Ford.”

P.S. Jeff Ford Cinemaster, montador dos principais filmes da Marvel Studios, foi quem sugeriu a Anthony e Joe Russo que Tony Stark no final de Vingadores – Ultimato rebatesse o “Eu sou inevitável” de Thanos com “Eu sou o Homem de Ferro.”

E é isso! =D

A SAGA INFINITA: Kevin Feige confirma título das três primeiras fases do MCU