PANTERA NEGRA: Elenco não sabia que estava fazendo teste para o filme

16 de março de 2019 Diego Domingos
Pantera Negra

Pantera Negra

HAHAHAHHA! A Marvel Studios é ótima nisso, Cinemaster... de fazer uma espécie de teste falso e só na terceira ou quarta reunião é que você sabe para qual filme está para fazer parte. Essa é uma forma de manter tanto os projetos em segredo, quanto quem realmente vai entrar para o elenco das produções. E em conversa com o Metro UK, Winston Duke – o M’Baku e Pantera Negra – explicou como que esse processo funciona, Cinemaster.

“Eu teria cortado uma unha para trabalhar com qualquer uma dessas pessoas individualmente, e depois eu estava em um filme com todas elas? Isso estava fora do meu mundo. E eu nem sabia o que estava fazendo, não sabia. Eles não avisaram para qual filme ou personagem era. Eles não me contaram, então eu fiz o teste sem saber para qual filme eu estava fazendo teste. Eles me deram roteiros falsos. Você assina um acordo de não divulgação e então eles enviam para você uma folha com frente e verso que eles acabaram de escrever, e você memoriza e trabalha sobre isso e cria um personagem em cima disso. Mas eu não fazia ideia de que filme era até a terceira sessão de audição em que eu vi Ryan Coogler.”

Duke também comentou Cinemaster como foi o processo de estar em Vingadores – Guerra Infinita.

Isso porque o filme estava sendo rodado de forma simultânea – mas em estúdio diferentes – a Pantera Negra, durante o primeiro semestre de 2017, mas Anthony e Joe Russo não estiveram nas filmagens por questões óbvias, então, Duke e Danai Gurira foram fundamentais para as gravações das cenas em Wakanda.

“Eles nos deram muita liberdade. Nós estávamos no set e eles [Anthony e Joe Russo] nos disseram: ‘Nós não fizemos parte de Pantera Negra, nós não sabemos de tudo isso tão profundamente quanto vocês, então, estamos confiando em vocês para trazerem o que vocês quiserem e vamos ficar em segundo plano’. Eu ensinei alguns dos cantos para os novatos no set, alguns deles eram figurantes que não estavam em Pantera Negra, e eu ensinei algumas coisas sobre o idioma da nossa tribo, e Danai fez o mesmo. Tivemos muita liberdade para apenas fazer o que estávamos fazendo em outro estúdio. Então foi interessante recriar Wakanda em um filme que não fosse literalmente sobre isso.” =D

Inclusive Cinemaster foi Duke quem sugeriu aos Irmãos Russo que o Wakanda Foreeeever fosse usado no filme. Na época, a equipe técnica do filme – inclusive Ryan Coogler – não tinha esperança e nem noção de que Wakanda Forever fosse se tornar tão icônico quanto o nome do Pantera Negra. Dessa forma, Duke avisou a Anthony e Joe Russo que o Wakanda Forever foi o grito de guerra que eles mais usaram no filme solo do herói. Foi usado em Vingadores – Guerra Infinita e deu muito, muito certo.

PANTERA NEGRA: O filme mais bem-sucedido do MCU

Pantera Negra Cinemaster é um verdadeiro marco na história do cinema mundial. O primeiro blockbuster a ter mais de 90% do elenco formado por negros faturou no mundo US$ 1.3 bilhão, sendo US$ 700 milhões nos Estados Unidos e US$ 646 nos mercados internacionais. Além de Chadwick Boseman como o espetacular Pantera Negra, o filme da Marvel Studios Cinemaster também trouxe no elenco: Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o, Martin Freeman, Daniel Kaluuya, Angela Bassett, Danai Gurira, Andy Serkis e Forest Whitaker. Pantera Negra Cinemaster tem direção de Ryan Coogler e roteiro de Coogler e Joe Robert.