GLOBO DE OURO 2019: Bryan Singer comemora as vitórias de Bohemian Rhapsody

7 de janeiro de 2019 Diego Domingos
Bryan Singer

Bryan Singer

Woooooooooow, Cinemaster. Tudo bem que Bryan Singer foi demitido de Bohemian Rhapsody por mau comportamento e também por outras questões. Mas o cara realmente dirigiu o filme. Então, ele ao menos merecia uma menção do produtor do longa durante a vitória de Bohemian Rhapsody em Melhor Filme de Drama no Globo de Ouro 2019. 

Mas apesar de ter sido esnobado tanto por Rami Malek – o que faz total sentido e vou te explicar mais abaixo – Bryan Singer não foi mencionado em nenhum momento, nem mesmo nas duas coletivas de imprensa com o elenco de Bohemian Rhapsody que rolaram depois do Globo de Ouro. 

Vale lembrar Cinemaster que Rami Malek e Singer tiveram uma briga feia no set de Bohemian Rhapsody, com Bryan Singer chegando a jogar um objeto que estava próximo na parede, em meio as críticas de Rami por conta dos constantes atrasos.

Singer foi demitido de Bohemian Rhapsody Cinemaster no final das filmagens, em dezembro de 2017, quando ele não voltou para Londres para concluir as gravações.

Mas ainda assim, Singer comemorou o feito do longa ter levado Melhor Filme de Drama no Globo de Ouro 2019.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

What an honor. Thank you #HollywoodForeignPress

Uma publicação compartilhada por Bryan Singer (@bryanjaysinger) em

E os vencedores foram:

Melhor Filme em Língua-Estrangeira

Capernaum;
Girl;
Never Look Away;
Roma; – VENCEDOR
Shoplifters

Melhor Trilha Sonora Original

Um Lugar Silencioso (Marco Beltrami);
Ilha de Cachorros (Alexandre Desplat);
Pantera Negra (Ludwig Hurwitz);
O Primeiro Homem (Justin Hurwitz); – VENCEDOR
O Retorno de Mary Poppins (Marc Shaiman)

Melhor Roteiro

Roma;
A Favorita;
If Beale Street Could Talk;
Vice;
Green Book – VENCEDOR

Melhor Animação

Os Incríveis 2;
Ilha de Cachorros;
Mirai;
Wifi Ralph;
Homem-Aranha: No Aranhaverso – VENCEDOR

Melhor Ator em Filme Comédia ou Musical

Christian Bale (Vice); – VENCEDOR
Lin-Manuel Miranda (O Retorno de Mary Poppins);
Viggo Mortensen (Green Book);
Robert Redford (The Old Man and the Gun);
John C. Reilly (Stan and Ollie).

Melhor Direção

Bradley Cooper (Nasce Uma Estrela);
Alfonso Cuarón (ROMA) – VENCEDOR
Peter Farrelly (Green Book);
Spike Lee (Infiltrado no Klan);
Adam McKay (Vice)

Melhor Ator Coadjuvante

Mahershala Ali (Green Book); – VENCEDOR
Timothée Chalamet (Beautiful Boy);
Adam Driver (Infiltrado no Klan);
Richard E. Grant (Can Your Ever Forgive Me?);
Sam Rockwell (Vice)

Melhor Atriz em Filme – Drama

Gleen Close (A Esposa); – VENCEDORA
Lady Gaga (Nasce Uma Estrela);
Nicole Kidman (Destroyer);
Melissa McCarthy (Can You Ever Forgive Me);
Rosamund Pike (Private War)

Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical

Emily Blunt (O Retorno de Mary Poppins);
Olivia Colman (A Favorita); – VENCEDORA
Elsie Fisher (Eighth Grade);
Charlize Theron (Tully);
Constance Wu (Podres de Ricos)

Melhor Atriz Coadjuvante

Amy Adams (Vice);
Claire Foy (O Primeiro Homem);
Regina King (If Beale Street Could Talk); – VENCEDORA
Emma Stone (A Favorita);
Rachel Weisz (A Favorita)

Melhor Canção Original

All the Stars (Pantera Negra);
Girl in the Movies (Dumplin);
Requiem for a Private War (A Private War);
Revelation (Boy Erased);
Shallow (Nasce Uma Estrela) – VENCEDORA

Melhor Ator – Drama

Bradley Cooper (Nasce Uma Estrela);
Willem Dafoe (No Portão da Eternidade);
Lucas Hedges (Boy Erased);
Rami Malek (Bohemian Rhapsody); – VENCEDOR
John David Washington (Infiltrado no Klan)

Melhor Filme – Comédia ou Musical

Podres de Ricos;
A Favorita;
Green Book; – VENCEDOR
O Retorno de Mary Poppins;
Vice

Melhor Filme – Drama

Pantera Negra;
Infiltrado no Klan;
Bohemian Rhapsody; – VENCEDOR
If Beale Street Could Talk;
Nasce Uma Estrela

GLOBO DE OURO: 43 Curiosidades sobre a premiação