OSCAR 2019: Explicado porque produtor de Green Book dedicou vitória a Carrie Fisher

25 de fevereiro de 2019 Diego Domingos
Mahershala Ali - Green Book

Mahershala Ali – Green Book

Sim, sim, Cinemaaaaaaaster. Já era pra mais de uma da manhã e a primeira coisa que eu pensei quando ouvi um dos produtores de Green Book gritar que a vitória de Melhor Filme também era dedicada a Carrie Fisher, minha cabeça deu aquela tela azul do Windows (hahahahah).

Pois é! E outra, nenhum veículo americano sabia explicar, até que agora à noite Cinemaster o Hollywood Reporter explicou em detalhes a razão pela qual Charles B. Wessler homenageou Carrie Fisher no Oscar 2019.

“A dedicatória provavelmente deixou muitos espectadores confusos. Fisher, que faleceu em 2016, aparentemente não tinha ligação com o filme e sua verdadeira história de amizade entre o motorista ítalo-americano Tony Lip Vallelonga (Viggo Mortensen) e o Dr. Don Shirley (Mathershala Ali), músico afro-americano que seguiu em turnê no Sul dos Estados Unidos em 1962. Fisher recebeu a dedicatória porque era amiga de Wessler, que trabalhou como assistente de produção em O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi.

Uma outra referência que o Hollywood Reporter identificou foi a seguinte, Cinemaster: no discurso de agradecimento pela estatueta de Melhor Direção de Arte para Pantera NegraHannah Beachler falou sobre o apoio que ela recebeu de Nate Moore e Carol Trevino. Nate Cinemaster é vice-presidente de desenvolvimento e de produtos da Marvel Studios e foi função dele se unir a Ryan Coogler para montar a equipe técnica de Pantera Negra, que por conseguinte trouxe Hannah. E Carol Trevino Cinemaster era uma amiga de Hannah que morreu em um acidente de carro em 2007, enquanto trabalhava em uma locação de seu novo filme.

OSCAR 2019: Green Book, Bohemian Rhapsody, Pantera Negra e ROMA são os grandes vencedores