OSCAR 2019: Indicados e possível vencedor em Melhor Fotografia

12 de fevereiro de 2019 Diego Domingos
Oscar 2019 - Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Oscar 2019 – Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Sim, sim, Cinemaaaaaaaaster. No último PostMovie Especial do #CinemaNews no Oscar 2019 eu e você nos aprofundamentos nos indicados em Melhor Direção de Arte. E agora Cinemaster o assunto é a Direção de Fotografia. Esse é um dos elementos que eu mais sou fascinado porque o diretor e o diretor de fotografia precisam – literalmente – ser unha e carne. Sobretudo porque a iluminação é um dos elementos fundamentais que o diretor se utiliza no ato de contar a história.

E a sintonia esses dois profissionais precisa ser extrema porque tudo o que movimentado com a câmera precisa estar sincronizado com a iluminação de todos os espaços. Um fato mais do que sensacional que eu e você temos que analisar entre os indicados de 2019 é que dos cinco filmes, quatro são internacionais, ou seja, foram feitos fora dos Estados Unidos.

Sabe o que isso significa, Cinemaster?! Que o mercado internacional – que até então era majoritariamente reconhecido no Oscar em Melhor Filme em Língua-Estrangeira vem se tornando ainda mais original frente as produções americanas. Afinal Cinemaster, a Direção de Fotografia precisa ser expressiva em um filme tanto quanto a direção, tanto quanto seus personagens e tanto quanto todos os elementos técnicos. Confesso que eu só senti falta de O Primeiro Homem entre os indicados, mas ainda assim, mérito para todas as produções aqui presentes. Principalmente porque a disputa está muito acirrada: ROMA e Guerra Fria são os candidatos mais quentes ao Oscar, mas a fotografia de A Favorita também é deslumbrante.

Partiu então Cinemaster detalhar e analisar os cinco indicados ao Oscar 2019 de Melhor Fotografia. São eles:

Oscar 2019 - Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Oscar 2019 – Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Guerra Fria

Diretor de Fotografia: Łukasz Żal

Antes de mais nada… o que é mais complexo, fotografar um filme em colorido ou em preto e branco?! Exatamente, Cinemaster. Em preto e branco. Os ajustes e branco e preto são ainda mais complexos justamente pelo fato de que, colocou um tom de preto incorretamente, estoura toda a imagem. E eu realmente continuo impressionado pela fotografia de Guerra Fria. E sabe o que me chamou ainda mais atenção, Cinemaster?! O contraste em grande parte das cenas. Isso porque em Guerra Fria dificilmente você tem apenas o preto e branco chapados, sempre são tons de preto e tons de branco e isso é o que torna a fotografia ainda mais original. E é justamente por esse detalhismo na fotografia que Guerra Fria é o meu favorito ao Oscar 2019.

Sobre o indicado: Łukasz Żal Cinemaster trabalhou com o grande Pawel Pawlikowski em seu primeiro longa-metragem, o fantástico Ida, que inclusive levou o Oscar de Melhor Fotografia, e eu curtiria que essa vitória se repetisse (hahahah). =D

Oscar 2019 - Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Oscar 2019 – Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

A Favorita

Diretor de Fotografia: Robbie Ryan

O sensacional da Fotografia de A Favorita Cinemaster é que tudo parte da luz natural. Obviamente, por se tratar de uma época em que não se tinha luz elétrica, a trama tinha que contar com essa questão, e digo mais, esse elemento ajudou por completo a tornar A Favorita ainda mais original. É espetacular Cinemaster a forma com que a luz natural entra pelas janelas gigantescas do palácio em que a trama foi rodada. Gosto também da forma com que a fotografia do filme traz esse pensamento de clausura, no sentido de que há um mundo “claro” lá fora, mas você não quer sair de jeito nenhum dessa obscura comédia dramática entre três mulheres complexas, engraçadas e com profundas psicologias. Agora, a cena noturna – do baile – é o ápice da direção de fotografia. Se é de iluminação, e de iluminação verossímil que A Favorita precisava, ela teve, porque os vários castiçais ficaram sensacionais em cena e até compuseram o set por meio da espetacular direção de Arte.

Sobre o indicado: Robbie Ryan Cinemaster é um diretor de fotografia irlandês, mas ele se tornou mais conhecido do mercado cinematográfico por comandar curtas-metragens. Além de A Favorita, dois filmes se destacam em sua filmografia, Cinemaster: Eu, Daniel Blake – que levou a Palma de Ouro 2016, e Docinho da América, que levou o prêmio do júri em Cannes 2016.

Oscar 2019 - Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Oscar 2019 – Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Nunca Deixe de Lembrar

Diretor de Fotografia: Caleb Deschanel

Entre os indicados Cinemaster, Nunca Deixe de Lembrar foi o único que ainda não assisti porque apesar do filme ter título confirmado para o Brasil, ele ainda não estreou por aqui. Ou seja, eu não tenho base para discutir a respeito. No entanto, contudo, todavia, o filme é um dos que correm por fora dos indicados nessa categoria. Então tenho como seguir pelos demais concorrentes.

Quem assina a direção de fotografia do longa alemão é Caleb Deschanel, que está em sua sexta indicação ao Oscar. As demais foram: Os Eleitos – Onde o Futuro Começa (1983), Um homem Fora de Série (1984), Voando Para Casa (1996), O Patriota (2000) e A Paixão de Cristo (2004).

Oscar 2019 - Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Oscar 2019 – Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

ROMA

Diretor de Fotografia: Alfonso Cuarón.

A história curiosa aqui Cinemaster é que ROMA contaria com a direção de fotografia do grande Emmanuel Lubezk, vencedor do três Oscars seguidos na categoria (Gravidade, Birdman e O Regresso), mas em meio aos atrasos para o início das filmagens, Emmanuel se mandou para outros projetos. Detalhe, duas semanas depois que ele saiu as gravações começaram. E Alfonso Cuarón, que estudou na faculdade de cinema mexicana para ser diretor de fotografia, teve que pela primeira vez desde que começou a dirigir longas-metragens de grande escala ser o diretor de fotografia do seu próprio filme.

E Cinemaster, que trabalho espetacular. Tudo bem que a fotografia de ROMA não conta com o primor da fotografia de Guerra Fria, por exemplo, mas Alfonso fez um trabalho espetacular, sobretudo, na dualidade do claro e escuro (principalmente nas cenas internas da casa), e também sombras. A cena de abertura de incrível pela composição de elementos e a iluminação presente na sequência é belissimamente completada com o avião passando lá por cima, destaco também a do incêndio na floresta, a do massacre, agora, a melhor fotografia de todo o filme está na cena final, da praia. A composição é genial, mas o contrate do sol leve com a água mais voltada para o escuro – como uma metáfora para o medo – é de uma criatividade tamanha. =D

P.S. Lembrando que ROMA foi todo rodado em digital, não em película.

Oscar 2019 - Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Oscar 2019 – Indicados e Possível Vencedor em Melhor Fotografia

Nasce Uma Estrela

Diretor de Fotografia: Matthew Libatique

Nasce Uma Estrela Cinemaster, pelo menos ao meu ver, não é o filme americano de melhor fotografia de 2018, O Primeiro Homem bate o longa de Bradley Cooper facinho, facinho. Se eu estou dizendo que o filme não merecia a indicação?! Merecer, merecia, mas que O Primeiro Homem é melhor no aspecto da fotografia do que Nasce Uma Estrela, isso é fato. Mas, contudo, todavia, a produção tem seus méritos. E o principal trunfo do Matthew Libatique atrelada a direção de Bradley Cooper é a iluminação dos números musicais. Isso porque como as canções funcionam como o elo entre os personagens de Cooper e Lady Gaga, as apresentações precisam ser extremamente expressivas. Destaco o número de Shallow como o ápice da fotografia de Nasce Uma Estrela. No geral, um bom trabalho, mas tinha filmes mais bem trabalhados nesse aspecto.

Sobre o indicado: Matthew Libatique vem em sua segunda indicação. A primeira Cinemaster foi com o genial Cisne Negro, de Darren Aronofsky. Lembrando que Matthew também foi o diretor de fotografia dos dois primeiros Homem de Ferro e dos últimos filmes de Darren. =D

Oscar de Melhor Mixagem de Som - Indicados detalhados

Oscar de Melhor Direção de Fotografia

E o Oscar de Melhor Direção de Fotografia vai para…

Guerra Fria! O trabalho de Łukasz Żal traz um nível de complexidade ainda maior que todos os indicados ao Oscar na categoria. O mais espetacular da fotografia de Guerra Fria é a meticulosidade de cada take, de cada cena. Nos planos abertos fechados o contrate, nos planos fechados a gradação do preto e do branco, do mais claro ao mais escuro em ambos os aspectos. Espetacular, um trabalho memorável.

OSCAR 2019: Onde assistir, horários e programação completa