OSCAR 2019: Ryan Gosling ou Rami Malek, quem levará Melhor Ator?

4 de novembro de 2018 Diego Domingos
Oscar 2019 - Rami Malek, Ryan Gosling

Oscar 2019 – Rami Malek, Ryan Gosling

Sim, sim, Cinemaaaaaaaaaaster. Confesso que eu já estava com o esqueleto desse PostMovie Especial pronto na cabeça desde que assisti ao espetacular O Primeiro Homem. E eu realmente estava somente no aguardo de Bohemian Rhapsody Cinemaster para confirmar minhas suspeitas, não tem pra ninguém, a disputa pelo Oscar de Melhor Ator em 2019 ficará entre Ryan Gosling e Rami Malek.

Tanto O Primeiro Homem quanto Bohemian Rhapsody são filmes biográficos, mas os biografados aqui Cinemaster são completamente diferentes, o que tornou o trabalho deles com certeza mais difícil e ainda mais difícil.

A partir disso, o meu objetivo neste PostMovie Especial é que eu e você Cinemaster possamos realmente discutir os parâmetros entre as duas grandes atuações, de Ryan Gosling como Neil Armstrong e Rami Malek como Freddie Mercury, e claro, fazer uma mega aposta de quem realmente poderá levar o Oscar 2019 de Melhor Ator.

Eu tenho meu palpite Cinemaster, e você?! Então, partiu conversar a respeito:

Oscar 2019 - Rami Malek, Ryan Gosling

Oscar 2019 – Rami Malek, Ryan Gosling

O Primeiro Homem e Bohemian Rhapsody: Cinebiografias

Wooooooooooow, Cinemaster. Então antes de entrar mais precisamente nas atuações de Ryan e de Rami, é mais do que necessário avaliar os filmes que os levaram a tão posição das duas maiores atuações de 2018.

E o interessante, antes de mais nada, é que tanto Bohemian Rhapsody quanto O Primeiro Homem são cinebiografias, logo Cinemaster, os dois filmes são nivelados por cima.

Claro que há uma discrepância enorme nas qualidades visuais dos filmes. O Primeiro Homem tem uma direção genial, que pelo menos pra mim, Damien Chazelle vai levar o segundo Oscar de Melhor Direção. Enquanto Bohemian Rhapsody tem Bryan Singer como diretor, pois é, a história do filme e o elenco em si eram poderosos demais para estarem sob o comando de Singer, esse foi sem dúvida o mair erro da Fox com relação a produção.

Mas o fato é que, enquanto O Primeiro Homem é realmente uma das melhores cinebiografias da história do cinema mundial, o que favoreceu e muito a atuação de Ryan Gosling, Rami Malek pelo contrário teve uma história apenas boa, um diretor fraco e ele soube ser tão espetacular quanto o próprio Freddie Mercury.

Oscar 2019 - Rami Malek, Ryan Gosling

Oscar 2019 – Rami Malek, Ryan Gosling

Ryan Gosling como Neil Armstrong

Confesso que eu também estava já nas lágrimas quando Neil Armstrong sofreu calado, sozinho no quarto a morte de sua filha pequenina. Eu ainda não sou pai Cinemaster, mas pode ter certeza que ali eu realmente imaginei um pouco do que verdadeiramente é a dor de se perder um filho.

E Ryan Gosling, que já vem de uma dobradinha com Damien Chazelle, do espetacular La La Land, tá impecável.

A maneira com que ele vive Neil Armstrong, um grande herói americano e que não gostava nem de perto e nem de longe e ser reconhecido como tal era realmente um homem reservado, sério, que 100% focado na Missão Apollo apostou não só sua vida, como o seu casamento.

Então Cinemaster, claro que é incontestável o grande trabalho feito por Ryan Gosling, mas ainda assim, Rami Malek como Freddie Mercury é o grande destaque de 2018.

Oscar 2019 - Rami Malek, Ryan Gosling

Oscar 2019 – Rami Malek, Ryan Gosling

Rami Malek como Freddie Mercury

Gosto de dizer Cinemaster que quando o ator realmente se entrega ao personagem, ele realmente deixa de viver um personagem para ele realmente ser a pessoa que está sendo levada à telona. E esse é o caso de Rami Malek. A atuação de Malek é de um nível tão elevado Cinemaster que ele perpassa, ele transcende o simples atuar, ele realmente é Freddie Mercury ao longo das duas horas de exibição de Bohemian Rhapsody.

E mais ainda, o que torna a atuação de Rami Malek ainda mais trabalhosa Cinemaster é que uma coisa é você viver um homem comum, tipo eu, tipo você, outra coisa é você viver um artista. Nesse aspecto eu acredito que não tem nem como comparar que o trabalho de Rami Malek foi completamente superior ao de Ryan Gosling. Não estou desmerecendo Cinemaster, mas o nível de dificuldade em viver Neil Armstrong e viver Freddie Mercury não tem nem o que comparar, essa que é verdade.

Oscar 2019 - Rami Malek, Ryan Gosling

Oscar 2019 – Rami Malek, Ryan Gosling

Qual a tendência dos votantes do Oscar?

Cinemaaaaaaaaster, fui dar uma pesquisada aqui a respeito de qual último ator ou atriz ganhou o Oscar de Melhor Atuação por ter vivido um cantor ou um artista. Bem, o último foi Jean Dujardin, pelo magnífico O Artista, e ele vive um ator do cinema mudo, mas que ainda assim não é a recriação de um cantor existente.

Então o último mesmo Cinemaster foi Jamie Foxx por Ray, cinebiografia da lenda Ray Charles. Dessa forma, quais as chances de cada um levar? Acredito que fique na casa do 70% a 30%.

Eu e você também temos que levar em conta Cinemaster o fato de que vários votantes mais tradicionais possam levar mais em conta o fato de Ryan Gosling ter vivido Neil Armstrong, o líder da Missão Apollo 11.

Mas é mais do que provável que a maioria dos 8 mil membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood sigam para Rami Malek e o seu espetacular Freddie Mercury por Bohemian Rhapsody.

Oscar 2019 - Rami Malek, Ryan Gosling

Oscar 2019 – Rami Malek, Ryan Gosling

Quem deverá ser o vencedor do Oscar de Melhor Ator?

Tudo bem que Bohemian Rhapsody não vem sendo esse completo sucesso de crítica, mas a atuação de Rami é inquestionavelmente a melhor do ano, Cinemaster.

Em todas as premières que já aconteceram: em Londres, em Nova York, em Los Angeles, em absolutamente todas Bohemian Rhapsody foi visto como mediano, mas os elogios a Rami Malek como Freddie Mercury são mais do que unânimes, Cinemaster.

O nível de dificuldade de ser Freddie Mercury por duas horas de filme, fora os oito meses de filmagens, é realmente muito grande Cinemaster, um tipo de atuação como essa não acontece em toda cinebiografia. E eu ainda acredito que Ryan Gosling – apesar da sua grande interpretação em O Primeiro Homem – ainda não encontrou o personagem da sua carreira. E quando ele encontrar, o Oscar vai chegar.

E para Rami Malek já chegou Cinemaster, o personagem é Freddie Mercury, no qual ele viveu e não atuou, então, como isso jamais vai acontecer, afinal, Roger Taylor e Brian May já confirmaram que a ideia é fazer de Bohemian Rhapsody o único filme completamente oficial do Queen e de Freddie Mercury. Então, que venha a mais do que merecida estatueta de Melhor Ator para Rami Malek.