PIRATAS DO CARIBE: Abaixo-assinado pela volta de Johnny Depp fica próximo das 5 mil assinaturas

3 de junho de 2019 Diego Domingos
Reboot de Piratas do Caribe

Reboot de Piratas do Caribe

Cinemaaaaaaaaaster, mas eu e você já sabemos por A + B que abaixo-assinado vai de lugar algum para lugar nenhum. Afinal, quem assina um abaixo-assinado é apenas uma pequena parcela de todo um público mundial que está no radar de um grande blockbuster como Piratas do Caribe. E o abaixo-assinado em questão, que conta com 4.800 assinaturas, pede para que a Disney não retire Johnny Depp da franquia.

A bem da verdade Cinemaster o desejo da Walt Disney de retirar Johnny Depp de Piratas do Caribe é muito mais antigo do que as acusações de Amber Heard de agressão e fins. Isso porque até agora a Disney não encontrou um jeito de fazer Piratas do Caribe sem Johnny Depp e seu Jack Sparrow. Mas isso é muito perigoso, caso contrário a franquia nunca mais vai chegar aos cinemas?! Nunca mais filmes serão realizados?! Franquia parada Cinemaster é dinheiro de bilheteria que deixa de circular para o estúdio.

E eu sigo uma questão básica, se Star Wars tem vida além de Han Solo, Leia e Luke, Piratas do Caribe também pode ter. Parece loucura comparar Star Wars com Piratas do Caribe, mas é só para que eu e você tenhamos ideia de que fazer novos filmes a partir de uma franquia pré-estabelecida não é coisa de outro mundo. J.J. Abrams é a prova viva disso.

A última vez que eu e você tivemos sobre Piratas do Caribe envolveu o retorno de Terry Rossio, que escreveu os dois últimos filmes da franquia. Mas antes disso, a Disney tentou contratar a dupla de Deadpool e Zumbilândia, Rhett Reese e Paul Wernick, mas eles não aceitaram porque o Mickey Mouse queria ter mais controle criativo do que eles. E levando em conta que Reese e Paul são grandes roteiristas entre os blockbusters em Hollywood, eles não precisam se sujeitar a isso!

Os cinco filmes de Piratas do Caribe Cinemaster faturaram US$ 4.5 bilhões no mundo todo! =D