SPAWN: Filme sem sinal verde, trilogia e mais revelações de Todd McFarlane

8 de outubro de 2018 Diego Domingos
Spawn - Jamie Foxx, Jeremy Renner

Spawn – Jamie Foxx, Jeremy Renner

Whaaaaaaaaaaaaaaat?! Sim, sim, Cinemaster. Parece que não tá tudo ainda 100% confirmado com relação ao remake de Spawn, que será produzido pela BlumHouse Pictures e que terá o maior orçamento da empresa até hoje… US$ 10 milhões.

E durante uma sessão de perguntas e respostas na Nova York Comic-Con Cinemaster, Todd respondeu que Spawn ainda não está com o sinal verde definido, mesmo que Jamie Foxx e Jeremy Renner já tenham topado participar do filme.

Então, partiu conferir as revelações:

  • “O meu próximo objetivo é garantir que Hollywood compre esse filme. Eles ainda são um pouco tímidos em fazer um verdadeiro filme super-herói, sombrio e desagradável… mas ainda assim ele é um super-herói, ele acaba por entrar em um padrão. Então, estamos tentando colocá-lo na linha de chegada.”
  • “O elo fraco nessa coisa toda sou eu. Nós temos Spawn, temos Jamie Foxx, Jeremy Renner e Jason Blum. Vou ter também um diretor de fotografia vencedor do Oscar. As atuações serão boas. Pare de pensar nisso como um filme tradicional de super-heróis! Porque as pessoas vão pensar, ‘Como Spawn se transformou nisso?’ E todos os comentários iniciais serão do pensamento de um filme de super-herói PG-13. Mostramos algumas coisas para algumas pessoas na semana passada e essa foi a sensação. E eu preciso vender isso, preciso vender e fazer as pessoas acreditarem que é um filme diferente.” E sim, Cinemaster… Spawn será só para maiores. Mas ainda assim o personagem não é fácil de ser vendido! Principalmente porque a BlumHouse Cinemaster tem parceria de distribuição com a Universal Pictures, que é um grande estúdio. ou seja, Spawn é um filme completamente adverso dentro do que a Universal já lançou da BlumHouse.
  • “Se você ler meu roteiro com o modo de super-herói, é confuso, é estranho. Você pensa, ‘Eu não entendo isso’. Pense nisso como um filme de terror que fará com que as pessoas fiquem impressionadas com a atuação de Jeremy Renner e seu personagem. E então virá um, ‘Ah sim, Spawn realmente está nesse filme’. E então eu preciso dizer isso, mas Spawn não é um personagem da América corporativa. Eu não me importo em verder bonecos, camisas ou bonés, eu me importo em fazer um ótimo filme. Então, quando Spawn chegar, é melhor você não querer ser o cara mau, porque quando Spawn chega, ele é legal e calmo, mas logo em seguida ele vai bagunçar a sua mente. E ele fará isso de uma maneira muito dura.”
  • “E eu acredito que temos um público mais velho que está aberto ao filme, afinal, ele é um personagem desagradável, mas essa é a personalidade dele.” Então Cinemaster, tomara que Spawn realmente funcione pra caramba, porque as apostas ao redor do filme são realmente altas.”
  • “Greg Nicotero, para todos vocês que não o conhecem, ele é um dos diretores fixos de The Walking Dead, e ele fez figurinos premiados Nós já desenhamos tudo. E a grande sacada sobre Greg é que por ele ser diretor, quando eu estava tentando explicar o que eu ia fazer na tela – visualmente – ele me entendia perfeitamente. Isso significa que quando eu uso palavras no roteiro como, “Al se transforma em Spawn”. Todos nós temos uma visão para isso. Alguns de vocês são fãs de Spawn, então você tem uma visão para isso. O que eu quero fazer no filme não é o que fizemos nos quadrinhos. É um tipo diferente de transformação – e Greg entende isso. Mas eu ainda acredito que os caras do estúdio não entenderam, porque eles me falaram, ‘Você vai precisar de um grande orçamento para os efeitos visuais’. Mas não, não, não, não do jeito que eu quero fazer. Eu acredito que há outra maneira de colocar algo na tela de forma que seja expressiva e estranha.”
  • “Quando eu era criança, havia um filme que realmente me causou um impacto. Esse filme é Alucinações do Passado. Eu era jovem e nem sabia o que diabos eu estava assistindo, mas era algo bizarro. Tenho mais de 50 anos e ainda me lembro desse filme. Isso é o quando de impacto esse filme teve na minha vida. Foi como ‘Que diabos é isso?’ Eu vi coisas na tela que eu não sei o que isso significava, mas foi confuso e legal e louco e insano, e eu simplesmente amei aquilo. Então, eu estou esperando para fazer esse tipo de visual. A maior parte sem nenhum tipo de efeitos visuais.” Cinemaster, sendo mais do que sincero com você, se Todd Phillipsfazendo um filme do Coringa com um orçamento de US$ 55 milhões e com todo mundo de primeira linha, é mais do que possível fazer um bom Spawn com US$ 10 milhões.
  • “Uma vez que conseguimos a aprovação do estúdio, eu devo a obrigação de voltar aos atores e deixá-los fazer suas anotações sobre o filme. O que eu não quero são as anotações de Jamie e de Jeremy antes de tudo. Provavelmente, o que vou fazer é ver se consigo colocar os dois na mesma sala, para que não falemos um com o outro. Ambos sabem o que querem. Eu expliquei a Jamie que ele não vai falar muito no primeiro filme. Eu estou vendendo isso como uma trilogia, e cada filme será diferente do outro. Aqui está uma coisa sobre a trilogia, muitas voltas se repetem. Mas eu quero que cada filme seja completamente diferente, tanto na história, quanto no visual.”
  • “Se eu tivesse que dar um título ao primeiro filme, seria: Spawn… Você acredita nisso? Porque todo mundo nesse filme está em direção ao seguinte, ‘Eu nem sei se isso existe, ou se está na minha cabeça, ou se é um bicho-papão, ou se é físico.’ Depois de passar por isso nós vamos estar lá provavelmente na metade do caminho do filme, mas depois que eu você passa por isso, o segundo filme se torna completamente diferente. Porque agora as pessoas estarão conversando entre si de forma diferente. Como o primeiro filme traz, ‘Estou louco, não sei se você existe’, no segundo as pessoas sabem que tudo é real, que tudo existe, então o tom da conversa muda completamente.” Pois é, Cinemaster… é notória que a visão de Todd é completamente original se tratando de uma adaptação de HQ, mas que ainda assim não tá nada fácil de convencer a galera da BlumHouse.
  • “O engraçado é que o estúdio fala algo como, ‘Por que Twitch não faz essa pergunta, essa pergunta ou essa pergunta?’ E eu digo, ‘Porque ele não acha que seja real. Ele acredita que seja um fantasma’. Então o filme precisa trazer essa dualidade, apenas no primeiro, para explicar mais detalhes desse universo. Então eu acredito que além de personagens fortes, acredito que traremos alguns desses vilões que as pessoas estão procurando.”

Cinemaster, vou te dizer que eu curto a visão de Todd McFarlane para Spawn, é realmente original. E é aquilo Cinemaster, se é pra fazer algo top das galáxias e original, é necessário realmente ir fundo, conseguir investimento e fazer “O” filme. E Todd indica que tá muito bem nessa direção.

Spawn Cinemaster ganhou uma versão live-action em 1997, mas aquilo não é nem 10% do potencial narrativo que as HQs de Todd McFarlane tem!!! =D Já o reboot Cinemaster tem orçamento de US$ 10 milhões e contará com Todd na direção e no roteiro, e Jamie Foxx como o personagem título e Jeremy Renner como Twitch Williams!!! A BlumHouse é a produtora e a Universal Pictures será a distribuidora.